Se precisar é só ligar:
Campina Grande

(83) 3310.6000
João Pessoa

(83) 3219.6000
Aromaterapia: O Poder dos Óleos Essenciais

 

Olá meninas, tudo bem? Vocês já ouviram falar em aromaterapia? Estou encantada com a descoberta desse mundo de aromas deliciosos e óleos essenciais para a saúde. Por isso, fiz um apanhado geral sobre o assunto para quem ainda não conhece; espero que gostem!

O termo aromaterapia é aplicado a um ramo da fitoterapia: pelo nome, aroma significa cheiro agradável, e terapia tratamento que visa à cura de uma indisposição mental ou física. É uma prática terapêutica que se utiliza das propriedades dos óleos essenciais 100% puros para restabelecer o equilíbrio e a harmonia pessoal.

O que são óleos essenciais?

Óleos essenciais são substâncias voláteis extremamente concentradas, que possuem princípios ativos de acordo com suas composições químicas. Dependendo da planta, o óleo essencial terá características diferenciadas de aroma, cor e densidade. Os óleos essenciais podem ser usados diluídos em veículos carreadores sobre a pele, através de massagens, cremes, loções, gel ou puro, através da inalação. Seu objetivo é proporcionar bem estar físico e emocional, já que possui diversos componentes químicos terapêuticos.

Em geral, são necessários muitos quilos de plantas para extrair uma quantidade pequena de óleo essencial. Por exemplo, para extrair 1 litro de óleo de lavanda, são necessários 350kg de flores de lavanda.

Pra que servem os óleos essenciais?

O uso dos óleos essenciais é bastante popular nas áreas farmacêutica, terapêutica e cosmética. A fitoterapia e a aromaterapia devem a sua fama ao uso das substâncias odorantes. Alguns óleos essenciais são muito conhecidos por suas propriedades medicinais: o óleo de cravo-da-Índia é um analgésico muito poderoso, bastante utilizado na área dentária; o de lavanda e o de maleleuca servem como antisséptico.

No campo da cosmética, eles servem para perfumar produtos como xampus, sabonetes, cremes entre outros, e também estão presentes em dose moderada em produtos de cuidados. Os óleos essenciais estão em todos os lugares, até mesmo em detergentes e produtos de limpeza, que recorrem às suas virtudes aromáticas e suavizantes.

Benefícios dos Óleos Essenciais

Além dos benefícios físicos e emocionais quando utilizados na aromaterapia, os óleos essenciais também possuem aplicações medicinais excepcionais.

Muitos óleos essenciais são antissépticos e estão entre os mais potentes protetores da natureza contra as bactérias e outros organismos infecciosos.

Os óleos essenciais possuem uma ampla gama de propriedades curativas, podendo ser utilizados de forma eficaz para manter a saúde, estimulando a regeneração celular, aliviando dores, equilibrando as disfunções emocionais, e combatendo bactérias, fungos e outras formas de infecções. Além de proporcionar alívio do estresse, aumento de energia e aumento da concentração mental.

Os óleos essenciais têm uma lista quase interminável de usos terapêuticos, e a ciência continua a descobrir mais sobre eles a cada ano.

Formas de Utilização dos Óleos Essenciais

O fato de os óleos essenciais estarem em concentrações muito elevadas, exige cuidados e conhecimento.

Existem inúmeras formas de aplicação nas quais os óleos essenciais podem ser utilizados, e a forma mais adequada será sempre circunstancial, quer dizer, depende de cada situação. Alguns usos comuns:

1. Massagem Aromática

A massagem aromática combina as vantagens da massagem terapêutica com a eficiência do uso dos óleos essenciais. Faz-se uso de massagens com óleos essenciais quando se pretende redução do estresse, relaxamento muscular, estímulo à circulação, tratamentos depurativos e analgesia local.

A massagem terapêutica com óleos essenciais (sempre diluídos em óleo carreador – 30 a 40 gotas de óleo essencial para 60ml de óleo vegetal carreador) estimula a circulação sanguínea, e assim incrementa o suprimento de oxigênio e nutrientes às células; estimula intensamente o sistema linfático e ativa a seção límbica do cérebro.

2. Difusão

A difusão consiste em volatilizar o óleo essencial no ambiente onde o indivíduo está repousando, como um excelente complemento ao tratamento fitoterápico.

Às vezes a difusão é fundamental pelas respostas rápidas e pelo relaxamento adequado que propicia.

Existem vários modelos de difusores. De maneira geral, seu princípio de funcionamento consiste em, através de uma fonte de calor – que pode ser elétrica ou mesmo a chama de uma vela – elevar a temperatura do óleo essencial para que este se volatilize, espalhando-se pelo ambiente. O cheiro é delicioso!

3. Inalação Direta

A inalação consiste na absorção direta do óleo essencial volatilizado. É indicada, principalmente, para os casos de afecções das vias respiratórias e da pele, e para uma rápida alteração do estado emocional.

Pode ser conduzida através do uso do banho de vapor facial ou através da inalação a seco.

O banho de vapor facial consiste em colocar água quente em uma tigela e nela acrescentar algumas gotas do óleo essencial indicado. Em seguida, cobre-se a cabeça, envolvendo a tigela, formando uma câmara de vapor em volta do rosto.

Esse vapor aromático deve ser inalado por cerca de 10 a 20 minutos (6 a 8 gotas de óleo essencial por litro d’água)

4. Escalda-Pés

É o banho de imersão dos pés em recipiente com água quente e óleos essenciais (10 gotas de óleo essencial para 5 litros de água), e deve ter um nível de água até a porção mais inferior da panturrilha (“batata-da-perna”).

O aquecimento dos pés permite que os vasos sanguíneos desta região e das pernas se dilatem, recebendo mais sangue e assim reduzindo, consequentemente, a congestão em outras partes do corpo. Escalda-pés (ou pedilúvios) são especialmente recomendáveis nos casos de insônia, congestão, dores de cabeça, menorreia, gripes e resfriados, entre outros.

5. Compressa Aromática

As compressas aromáticas são especialmente indicadas para uma determinada região específica do corpo, e podem ser feitas frias ou quentes, em função do tratamento (2 gotas de óleo essencial para meio litro de água)

As compressas frias são indicadas para os casos de contusões, inchaços, dores-de cabeça e febres, entre outros.

As compressas quentes são recomendadas para a maturação

FACEBOOK
Todos os direitos reservados - Farmácia Dias